Arquivos para a categoria ‘Saltaram dos livros e vieram para cá’

Publicado por Vera Menezes em 1 - jul - 2015 com 1 Comentário

      Por coerência ao assunto o título deveria ser “O DETETIVE DO PASSADO E SUA VIAGEM ALÉM-MAR”, pois este é o livro que divulgo aqui com o sentimento  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 26 - dez - 2014 com 1 Comentário

Adriana Falcão dispensa as apresentações com base no vasto currículo ligado à arte de escrever. Seu mais recente título “Queria Ver Você Feliz” (Geração ePub – Intrínseca – 2014) chama  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 23 - dez - 2014 com 2 Comentários

Ainda observando esta dobradiça da existência, que abre novo período ao tempo que fecha outro, senti enorme necessidade de compartilhar um dos muitos presentes que a generosidade de 2014 me  [ Leia Mais ]

Publicado por admin em 14 - out - 2014 com 0 Comentário

O elemento principal de um repórter é o fato. O fato em si é consequência de uma escalada de circunstâncias que gravadas no tempo promovem o surgimento de uma realidade  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 4 - nov - 2012 com 5 Comentários

Levei um ano esperando o lançamento do mais recente livro de Carla Dias – Estopim. A ansiedade cultivada um ano inteiro é daquelas raras, das que você tem a garantia  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 2 - nov - 2012 com 1 Comentário

Sou pouco dada a fins e meios Reinicio diuturnamente Intenções mais puras E sonhos quentes   Desconfio pretender sempre Vivo montada em desejos   Claro que há sabores Devorações constantes  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 23 - out - 2012 com 1 Comentário

Estava eu espantando as moscas que sempre implicam com a prostração que os dias abafados imprimem no nosso metabolismo e, enquanto assistia a tarde mudar de cor, folheava o jornal.  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 20 - out - 2012 com 4 Comentários

artigo de Frei Betto (Escritor, é autor de A obra do artista – uma visão holística do Universo, entre outros) O consumismo neoliberal gera, hoje, uma proeza que deixa os  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 16 - out - 2012 com 1 Comentário

Eu preparo uma canção em que minha mãe se reconheça, todas as mães se reconheçam, e que fale com dois olhos.   Caminho por uma rua que passa em muitos  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 28 - set - 2012 com 0 Comentário

O único tempo que se move É o tempo presente O passado está vencido O futuro está pendente   Simão de Miranda, do livro Palavras mágicas para afagar a alma  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 16 - jun - 2012 com 1 Comentário

De que fel preparava as porções que servia? O papel que rasgava era eu que escrevia? De que erva era o chá que o bule fervia? De que águas o  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 29 - nov - 2011 com 2 Comentários

Eu não sabia, com exatidão, o que ele queria dizer com algumas daquelas frases ininterruptas. Frases que eram pronunciadas até onde o seu fôlego podia alcançar, e logo em seguida  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 28 - nov - 2011 com 4 Comentários

Um daqueles dias em que a sua agenda fica em posição de destaque na sua mesa de trabalho, recomendando a necessidade de acordar cedo para cumprir todas as tarefas caprichosamente  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 12 - nov - 2011 com 1 Comentário

Consideração do Poema from mira filmes on Vimeo. O Instituto Moreira Salles em homenagem ao nascimento de Carlos Drummond de Andrade (31 de Outubro de 1902) lançou em seu site  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 13 - jun - 2011 com 1 Comentário

Hoje amanheci com aquela preguiça quase santa…. sem querer explicar nada….. só olhando o mundo pela fresta do arco-íris….. “Na vida, as pessoas são ferramentas que não somente registram suas  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 4 - out - 2010 com 2 Comentários

O livro me chegou por correio quando eu estava saindo para justificar meu voto. Domingo é dia de votos… talvez por isso cometamos tantos enganos: selecionamos nossos empregados em dia  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 12 - set - 2010 com 3 Comentários

Acessem o link abaixo e acompanhem os versos transcritos: Puedo escribir los versos más tristes esta noche Escribir, por ejemplo: “La noche está estrellada, y tiritan, azules, los astros, a  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 26 - dez - 2009 com 2 Comentários

Curitiba em 1946 trouxe pra gente a poeta Alice Ruiz. Às vezes doce, às vezes cortante, sempre cantante e encantante. Um pouquinho dela para vocês. Escolhi esta poesia para que  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 11 - dez - 2009 com 2 Comentários

Faz tempo que a cada final de ano eu escrevia alguma coisa – espécie de retrospectiva emotiva – para os amigos, tentando dizer de alguma forma o que o velho  [ Leia Mais ]

Publicado por Vera Menezes em 6 - dez - 2009 com 2 Comentários

Acabei de ler um  livro de Mario Vargas Llosa.  O primeiro livro que li  parece ser o último até agora escrito por ele (2006). Neste dia de chuva por aqui,  [ Leia Mais ]