• Sentimentos acontecem dos fatos

    A aranha presa na sua própria teia

    Essas coisas que acontecem no campo das diferenças sempre me despertam a atenção. E ficar atento, nos dias de hoje, deveria ser medida universal, tipo roupa de bom caimento, que se veste independentemente do tamanho do que deve ser coberto. Afinal, são muitos os perigos. Mas, a começar por aí, existem pessoas atenciosas, pessoas distraídas, e outras que se desequilibram na miopia para que não lhe pese o uso de óculos. São diferenças intrigantes à disposição de quem as adota. Muito bem, então tá. Nunca captei, de forma bem assentada, o sentido da vida. No entanto, afirmar com cores definitivas que a vida não tem sentido, sempre rechacei por não…

  • Sentimentos acontecem dos fatos

    No quando cheguei por aqui

    Quando cheguei na cidade, naquele ano, distante trinta anos do agora, nem conseguia me lembrar a primeira vez que havia passado por ali. Era início de maio e a claridade daquela tarde, recém iniciada, espalhava sua intensidade por tudo, a ponto de doer os olhos, mas sugerindo que a vida, naquele momento, estava sendo inaugurada sem qualquer possibilidade de sombras. A luz impositiva indicava que o futuro estava à minha disposição, sem encruzilhadas, sem becos, sem retornos… uma estrada reta, iluminada, servindo aos passos que eu viesse a trilhar. Quando cheguei, eu me sentia aberto a quaisquer possibilidades de viver uma história de vida original. Um futuro a ser construído…

  • Sentimentos acontecem dos fatos

    Lasquei-me

    Pois é, você nem conferiu se a minha pessoa correspondia à sua imaginação, em que proporção se davam as similitudes e as dessemelhanças. Mas não se preocupe também cometi muitos enganos e eles foram cadenciados, espalhados pelos intervalos que corresponderam às diferentes fases oscilatórias da minha vida. Hoje consigo identificar esse fluxo, mas nem por isto se tornaram raros, ou menos intensos, os meus equívocos. Acho que pioraram posto que a consciência da possibilidade de errar não emperra o impulso de levar a cabo certas ideias mal planejadas de uma mente criativa. Portanto, lasquei-me numerosas vezes… No tempo em que tinha gosto por escrever cartas, me pus à tarefa para…

  • Sentimentos acontecem dos fatos

    Pode ser…

    Pode ser que a turma se aproxime trazendo com ela a sombra do silêncio que cresceu no medo. Aquele silêncio que foi engolindo palavra por palavra, todas que significavam esperança. Tudo isso só porque o medo foi aumentando de forma tão assustadora que conseguiu embaçar o futuro. Não sobrou muito o que fazer desse presente estragado, além de olhar pela janela e não reconhecer a paisagem nem a nós mesmos. Uma vontade danada de não ser essa novidade triste, acontecida de urgência, que não permitiu a ninguém planejar o diferente do que se era até então. “Até então”, neste caso, foi o dia de “não poder”: Não poder trabalhar. Não…

  • Frases que me detiveram

    Leve e Suave

    No dia seguinte ao meu aniversário o telefone tocou e era uma amiga querendo algumas informações sobre um aparelho a ser adquirido. E como nos é de feitio, as despedidas acontecem depois de salpicarmos gotas de bom humor sobre os fatos, muitas vezes desidratados, que entrelaçam as nossas vidas. Mas naquela ocasião algo de especial me foi dito ao término da ligação: “Você já se deu conta de que daqui a quinze anos estaremos com oitenta anos? Precisamos tomar algumas providências porque quinze anos passam num piscar de olhos”. Sobre o passar do tempo acho que todos com mais de sessenta anos são graduados, ou deveriam ser, com relação às…

  • Frases que me detiveram

    Ela disse-me assim…

    Essa canção de Lupicínio Rodrigues, imortalizada na voz de Jamelão, ressalta nos seus versos o remorso. E com tamanha intensidade que a traição ficou num segundo plano, bastante acanhada…. Mas aqui a história é outra, embora eu tenha para mim que o remorso deveria ser pauta de reflexão para quem me trouxe tantas fendas emocionais num discurso rápido. No dia seguinte ao meu aniversário, quando eu ainda estava me deliciando com a lembrança dos amigos que se manifestaram pela data, ao mesmo tempo que me recordava daqueles que não se revelaram, muito provavelmente constrangidos evitando que o acúmulo dos anos fosse destacado, o telefone celular tocou. No outro lado da…