• Sentimentos acontecem dos fatos

    Então tá…

    Meu caro, Pensei que não chegaria até aqui. Pensei que não teria a chance de lhe escrever este ano, o que poderia significar estar agora no seu convívio jogando um Atari, ou ouvindo um rock daqueles que você apreciava, e eu nunca. Quem sabe seja quase isso quando for a hora…o que seria um consolo. O fato é que este ano foi impiedoso e mortalmente agreste. Uma aridez de sangrar a fé quase todos os dias; um desconsolo de deitar tristeza pelos olhos a cada notícia sobre os conhecidos, e desconhecidos, que partiam sem direito a despedidas; um lidar – sem habilidade adquirida – com a tentativa de sobreviver estando…

  • Saltaram dos livros e vieram para cá

    Leio o que ninguém escreveu

    A primeira vez que eu li, devia ter uns quatro ou cinco anos e viajava com a família pelas estradas de Minas Gerais. Provavelmente eram férias e, como sempre, percorríamos o roteiro das cidades de águas termais. Revezávamos a cada ano, ora Caxambu, ora Poços de Calda, quando não São Lourenço, às vezes Araxá. Foi dentro de um ônibus interestadual, caída a noite, que eu li as estrelas através da janela porque, fato dado, os assentos ao lado das janelas eram meus sem necessidade de qualquer argumentação reivindicatória junto à família. Não sei dizer, com precisão, que espécie de história as estrelas me permitiram interpretar, mas lá estava eu, miúda…

  • Sentimentos acontecem dos fatos

    IDH – Índice por Demais Horrível

    Primeiro que é muito esquisito se ter um Índice de Desenvolvimento Humano. Sempre me sugeriu ser um daqueles indicadores que estimulam a inveja planetária, fomentadores de expressões do tipo: “Meu IDH é melhor que o seu! Meu país é o máximo, o seu, mínimo!”. Segundo, se eu tivesse que calcular o IDH levaria em conta outros quesitos além de saúde, educação e renda. Colocaria níveis de simpatia, generosidade, solidariedade, tolerância, empatia, etc. Essas coisas contam pouco, eu sei… Além de competitividade, o IDH mexe com a autoestima dos países. Dificilmente um país com IDH baixo se sente estimulado a reagir a partir da divulgação do tal Índice. É mais provável…

  • Sentimentos acontecem dos fatos

    Anamnese de um Criminoso

    Depois de meia hora sentado na minha frente, mantinha o mesmo ar distraído de quando entrou na sala. Definitivamente não se deixava intimidar nem pelo local onde estava e muito menos pela minha pessoa. Eu é que não tinha a mínima paciência para lidar com famosos, se bem que a figura a quem devia inquirir não apresentava nenhum traço glamoroso de gente acostumada a ser assediada por fãs, ou disputada pela mídia. Era até simplório demais: camiseta um pouco gasta, calça jeans antiga o suficiente para dar sinais de reconhecer o corpo que a vestia, cabelo curto que dispensava o uso de pente, sapatos mocassim longe de serem novos. Uma…

  • Sentimentos acontecem dos fatos

    Dizem que Deus existe

    Eu não entendia muito bem como era possível a minha irmã, pouca coisa mais velha que eu, só acordar quando o dia deslizava para lá do meio de si mesmo. Não sabia se era a falta de inteligência que a impedia de pular da cama logo nos primeiros raios da manhã, bem antes do também preguiçoso galo se manifestar, e ir à cata de aventuras, brincadeiras, descobertas. Sempre foram inesgotáveis as surpresas oferecidas por este mundo. Mas, quem sabe, fosse sinal de inteligência ela só acordar depois do meio-dia; talvez estivesse sabiamente economizando energia para que fizesse bonito na velhice. Evitando desta forma não vir a ser, em nada, parecida…

  • Sentimentos acontecem dos fatos

    A Máscara Nossa de Cada Dia

    Não. Não estou me referindo às máscaras que qualquer pessoa deveria usar para emparedar essa epidemia do COVID, seja por cidadania no sentido de preservar as demais pessoas, seja por egoísmo na perspectiva única de impedir que alguém possa infectá-lo. Não, não me refiro a essas máscaras, nem quero dissertar sobre os aloprados que dispensam o seu uso, ou que não se deram conta de que a melhor utilização não é aquela exibida na testa, no queixo, ou pendurada qual um estandarte em prolongamento a uma das orelhas. São atitudes negacionistas absurdas demais que me obrigariam a um texto fantasmagórico que me levaria a apontar os que se recusam a…