Sentimentos acontecem dos fatos

Agosto com muito gosto

amizade

Acho que gosto de você pela maresia que em determinados momentos avança do seu olhar e salpica umas novidades mansas na rotina dos seus dias. Momentos esses em que os amigos reconhecem a proximidade da viração e aguardam o anúncio dos próximos enfeites na vida.

Acho que gosto de você pela avidez em ter tudo bem explicado, nas nuances de forma e cor. Assim, menina grande, querendo entender o mundo e suas diversidades sem pretender evidenciar em grandes proporções as sutilezas que distinguem o normal do natural. Compreender se sobrepondo aos julgamentos.

Acho que gosto de você pela delicadeza semeada passo a passo nas curvas do tempo, apesar da história contemplar um índice cuidadosamente imposto por perdas que de absurdas, somente a resignação de lidar com a paz que vem por decreto das fatalidades.

Acho que gosto de você por sua vontade de tornar a vida o mais simples possível, festejando cada amanhecer na expectativa de boas surpresas, das novas descobertas, das inusitadas ondas de frio que possam chegar ao Rio de Janeiro, das invenções práticas da ciência para o dia a dia no que tiver de indesejável, das conspirações favoráveis que permitam que a justiça se estabeleça com naturalidade.

Acho que gosto de você pelo seu amor aos animais e pela alegria, recebida como um privilégio, da natureza lhe dar de presente as flores que em segredo retribuem o cuidado aplicado nos vasos de plantas que lhe fazem companhia. Inspiração para desejar que a vida dos homens seja assim um suave desempenho de causa e efeito sem muita sofisticação lógica ou filosófica.

Acho que gosto de você pela sua capacidade de irritar todas as minhas canetas tinteiro com um conhecimento tecnológico de última geração, a sugerir upgrades e especificações que me confundem ao ponto de me fazer desejo o reabilitar da minha máquina de escrever.

Acho que gosto de você pelas raras invasões da minha intimidade que se fazem legítimas pelo direito de amigo. E essas ocupações não me intimidam no direito de seguir orientações distintas sabendo que não me faltará apoio na eventualidade dos tantos muitos tropeços que me ocorrerem.

Com certeza gosto de você para além de tantas outras qualidades e características que poderia tornar público. Gosto de você porque é mesmo impossível, depois de mais de trinta anos de convivência, imaginar qualquer situação que possa nos afastar do afeto.

Tudo isso porque no dia 01 de Agosto você faz aniversário e me perco nas medidas quando experimento conciliar o meu desejo que você seja muito feliz com o enorme carinho que lhe tenho. Que o tempo continue iluminando a sua vida e que a sua alma permaneça abastecida pela fonte branda e cristalina de delicada sabedoria.

Toda a minha escandalosa ternura.

Para Tânia Helena

2 Comentários

  • Tania

    Emocionada. A vida, como algumas vzs já conversamos sobre o tema, foi bastante generosa comigo em muitos aspectos. Ter você como amiga-irmã é tudo que essas palavras possam traduzir (ou apenas sentir). Te amo além da implícita necessidade de explicações…rs. Obrigada pelo presente. Beijo

  • Jandiara

    Emocionada? Fiquei eu! Vc deve ter se esvaído em lágrimas! Que bela homenagem. Beijos e Feliz Aniversário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *