Sentimentos acontecem dos fatos

Doce Canção para Sofia

Deve ter tido suas razões para chegar assim, se impondo ao mundo sem qualquer planejamento prévio. Deve mesmo ter tido suas razões para se sobrepor às decepções e enfrentar uma epidemia que está aí, devastando o mundo. Deve ter tido suas razões para querer chegar apesar das incertezas que ameaçam tantos futuros. Deve ter suas próprias razões para render-se ao nome que lhe deram: Sofia Isabel. Um sortilégio, talvez, de vir a ser aquela que por sabedoria haverá de cumprir todas as promessas…

Pequena Sofia se não houvesse tanta pressa, teria enfeitado de alguma forma o mundo para lhe receber. Espero que não repare muito na quantidade de poeira acumulada nesse nosso tempo. Nem se impressione com as teias de mágoas nos nossos corações. E que nunca lhe roube o sorriso se por acaso observar uma lágrima inoportuna molhando o meu rosto, são os perigos que me sei incapaz deles lhe preservar. Tudo passa, é certo. Mesmo que nas nossas vidas permaneça uma sombra um pouco encardida dos silêncios preferíveis aos confrontos resolutivos. Tenta-se fazer o melhor. E o melhor, acredite, sempre será tão pouco…

Na janela, coloquei pequenas margaridas para embelezar a sua chegada. Tem incenso sobre a cômoda e lá fora os passarinhos estridentes, de galho em galho no estreito quintal, fazem a festa. Talvez eles queiram chamar a sua atenção, talvez cantem o seu nome, talvez queiram apenas registrar que a sua presença é bem-vinda. Sim, bem-vinda mesmo que não tenhas sido anunciada em profusão de sorrisos, que deveriam ser direito de todas as crianças concebidas. Mas vieste com tanta pressa que a alegria ficou para depois. Para depois…

Um dia desses, quando estiveres nos braços de algum adulto, serás capaz de provocar sorrisos, serás capaz de espalhar ternura, serás capaz de bordar nos outros a esperança ao imaginarem para ti um futuro de plenas realizações, longe da violência, distante da maldade, afastada das doenças… Ao teu redor, somente as coisas belas e por elas viverás, porque serás lição de amor para quem junto a ti estiver. Por enquanto, tome seu banho de luz, ilumine-se porque cá nós tentamos fazer o mesmo em outros sentidos, igualmente medicinais.

Mas porquê tanta pressa em chegar? Ensinar a quem foi filha a ser uma melhor mãe? Ensinar a todos que não se pode desperdiçar o tempo já que a vida é curta, e sempre será? Ensinar ao ser humano que o amor combina com a leveza, de um sorriso, de um gesto, de um propósito, de um sentimento? Tanta pressa assim, ao ponto de não esperar que houvesse responsabilidade de criação, de não esperar que o futuro estivesse mais alinhavado, de não esperar pela duração do sentimento… devem haver razões imperativas e sobre elas não há o que ser questionado. Eis você aqui. Eis nós ao seu redor. Bençãos que serão trocadas no curso do caminho. Certamente todos de mãos dadas…

Por ora, dorme o sono dos justos no colo do mundo. Mundo que aos poucos irá lhe expandir para outros olhares, para outros seres, para outras diferenças. Que seja o mundo a lhe cobrir de bençãos, mas que sejam as nossas bençãos privilegiadas em lhe oferecer o melhor caminho. Dorme, pequena, dorme com a tranquilidade de saber que não há “bicho papão” que possa lhe assustar.

 

8 Comentários

  • renato soares menezes

    Sim, seja bem vinda Sofia Isabel! Todos nós estamos contentes com a sua chegada e a Tia Vera Cristina comemora esse acontecimento com um lindo texto!
    Verdade que o texto tem uma certa tristeza ao longo de suas linhas, mas como poderia ser diferente se o cenário que emoldura a sua estreia neste mundo não é dos mais alegres? O que importa contudo, conforme se lê ou se depreende, é que a esperança e a fé em dias melhores prevalecem e que Vc, Sofia Isabel, não deve nada temer, porque estará sempre protegida e rodeada de amor.

  • Tania

    Um dia, não sabemos quando, Sofia encontrará esse texto, que você agora a dedica. Certamente se emocionará, como agora faço. Muito bem-vinda, pequeno raio de sol!

  • Stela Brandão

    Que lindo e inspirado texto, Verinha! Aqui deixo também minhas boas vindas à Sofia Isabel, desejando a ela, sua jovem mãe e a toda sua família uma jornada de muita luz, alegria e amor.

  • Mônica Barros Coutinho

    Que lindo presente! Apesar das preocupações, é Sofia Isabel chegando, trazendo alegria e renovação! E despertando os nossos sentimentos mais ternos, os votos mais sinceros de saúde e alegria, com a certeza de ser muito abençoada e amada!

  • Monique

    Bem vinda Sofia!

    Nesses dias pensava que você estaria chegando por agora,e chegou. Te desejo muitas alegrias e afeto.

  • Maria Martinho

    Sofia ( sabedoria) Isabel ( pura,aquela que cumpre promessas).
    A pequena Sofia Isabel chega com um nome poderoso e promissor.
    Talvez tenha se apressado tamanha a vontade de cumprir a sua missão.
    Seja bem vinda a este mundo repleto de coisas boas e, às vezes, não tão boas.Que você cresça rodeada de Amor e que possa cumprir a sua missão por aqui com alegria,doçura e determinação.Beijinhos com muito carinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *