Sentimentos acontecem dos fatos

Guardião do Tempo

guardiao

Tudo começou quando me expressei junto a um amigo desejando que o Guardião do Tempo lhe permitisse uma vida bem aventurada. O retorno que tive foi do tipo: “Aí, dá para me dar o endereço, telefone, contatos e descrição desse guardião do tempo?”. Pronto! Tipo de provocação que amigos sabem que encontram ressonância.

Pois bem, a dificuldade em restringir um sentido que diz respeito à existência, não foi tarefa de fácil digestão. Afinal, existir é um caleidoscópio que vai mudando de cor e forma a cada respiração. Mas não existe casualidade nessa geometria de luzes e desenhos. Eles se formam a partir da capacidade de cada um em construir a sua própria história de vida. Quando entra em cena o guardião do tempo, toda a atenção deve então se concentrar no significado da história de vida que cada um é capaz de costurar na sucessão de calendários, que empilhados digitalizam as informações que seguirão para o arquivo armazenado no cosmo.

Portanto, meu caro amigo, quem conduz e protege a sua história – o guardião do tempo – é a sua consciência (onde se alinham a intuição, dedução e indução).  Assim, cabendo ao guardião do tempo dispor em plenitude da sua permanência, e da qualidade da mesma, nesse enorme salão de festa em que convivemos, é ao seu guardião do tempo que me dirijo nas vezes a lhe desejar, saúde, paz, oportunidades, força, confiança no caminho e tudo de melhor que essa transitória passagem decifrar em sentidos.

Vou me lembrar de ser mais direta no seu próximo aniversário……

2 Comentários

  • Tania

    Ui… pegou pesado ou foi equívoco do meu “ouvido”? rs… o contexto que me falta para melhor identificar o tom pode ter sido tb o responsável por gerar a descrição do guardião.. perigos da palavra, sempre a palavra. beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *